Notícias do Tocantins
Palmas

Atualizado em: 11/07/2017 11:02:30

Banhista é atacado por arraia em praia de Palmas

Homem foi ferroado na praia do Prata. Prefeitura diz que fará vistoria e alertou que o turista que leva alimentos para dentro da água, pode ser multado com até R$ 5 mil.

Por: Do G1

Compartilhe:

Comente

Crédito da imagem: Reprodução/TV Anhanguera

Banhistas é atacado por arraia em Palmas (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)



Um banhista foi atacado por uma arraia na praia do Prata, enquanto curtia a temporada de veraneio. O promoter Luciano Alves conta que estava dentro da área permitida para banhistas. A vítima teve que receber atendimento médico e agora precisa ficar 10 dias de repouso.

O caso foi registrado no último sábado (8). "Eu cheguei por volta das 16h na praia. Entrei uns 15 minutos na água. E quando estava tomando banho, pisei na arraia, senti um choque e já saí para fora. Quando saí, vi que estava sangrando muito. Foi muito dolorido", conta.

A praia do Prata é uma das mais movimentadas de Palmas. A área cercada por telas deveria estar livre de animais, como arraias e piranhas. Mas este não é o primeiro ataque registrado nas praias da capital. Em junho, pelo menos duas pessoas foram mordidas por piranhas na praia da Graciosa.

Na praia do Caju, a tela está com defeito em várias partes. Em alguns locais, não existe a proteção. Os animais têm fácil acesso a área dos banhistas. Em outros, o nível da água está perto de ultrapassar a altura da tela.

O Luciano, que levou uma ferroada da arraia, faz um pedido por melhorias na estrutura das praias. "É preciso fiscalizar melhor porque tinha bastante criança, idoso. A dor é muito forte. Acredito que se fosse em uma criança, ela não resistiria. Que a prefeitura venha fazer uma fiscalização melhor".

Em nota, a Prefeitura de Palmas informou que vai fazer uma nova vistoria na Praia do Prata e que dessa vez será com uma malha mais fina para a varredura do fundo do lago. Também será reavaliada a altura da estrutura das redes de proteção. O município pediu a colaboração dos banhistas para que não levem alimentos para dentro da água e reforçou que a prática se configura crime ambiental com multa prevista de R$ 500 a R$ 5 mil.




753 Visualizações

Recomendadas

Volta

Uma festa de alegria na recepção do Prefeito Manoel Silvino, na manhã desta quinta-feira

Cultura

Sem apoio quadrilha junina que representa Tocantínia, capta recursos para apresentações nas festas juninas

Política

Ex – Vice governador de Siqueira assume secretaria de assuntos parlamentares no governo de Carlesse

Pagamento Antecipado

Servidores de Lajeado vão receber seus salários a partir de meia-noite desta quinta-feira (29)

Cultura

Banda Dilevada fez “poeira” subir na 6ª edição do BoiaCross de Lajeado

Preso

Tatuado com 'ladrão e vacilão' na testa é preso por furtar desodorantes em SP

Visita Cortesia

Dr. Tércio é recebido por PG Meireles da Investco

Tocantins

Editorias

Receba nosso boletim por e-mail

Nome

e-mail


Todos os Direitos reservados © Jornal Poder Tocantinense - 2017

Desenvolvido por Mundoweb - Inteligência Digital